English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Partículas de pensamento

É ... finalzinho de mais um ano secular. Ufa !!!

Uma análise até o momento: detestei meu ano secular. (kkk) Loucura né? E olha que no comecinho sentia que ele prometia. Mais uma vez alguns projetos duráveis que tenho não foram postos em prática, não consegui guardar uma grana, mas ainda bem que sempre resta o amanhã. Amanhã (ou próximo ano), pretendo ter mais discernimento em algumas coisas e ponderar mais algumas outras.

A notícia boa é que conclui o pagamento de meu carro, maravilha! A ruim neste quesito é que até o momento não consegui tirar a "bendita" carta de motorista neste país em que o dinheiro e a desonestidade estão sempre em alta. Foram quatro, sim, quatro tentativas só esse ano, vou acabar vendendo o carro sem jamais tê-lo dirigido, pode?

A maior expectativa para o "amanhã" é conseguir meu cantinho próprio, nem que para isso tenha de mudar de cidade, calma ... uma cidade próxima da capital paulista, onde eu possa vir de ônibus fretado ganhar meu dinheirinho e de quebra ter mais tranquilidade e um ar mais puro. Secularmente é isso, não tenciono muito, só o básico que já é uma luta!

Emocionalmente falando quero estar mais próximo de minha esposa e filhas, assim como de meus amigos tão preciosos, algo que durante esse ano não me foi muito possível devido a loucura que anda este mundão. Espiritualmente quero continuar batalhando pela vida neste sistema de coisas enquanto ele durar e que a cada dia por minhas ações eu possa replicar àquele que escarnece de Deus. (Prov 27:11)

Ter alvos é muito importante, pois eles nos impulsionam, nos motivam e nos fazem ir além. Apesar de minha negativa descrição de meu ano atual, agradeço sempre a Jeová por possuir saúde relativa que me possibilita correr atrás destes alvos.

E você? Quais serão seus planos, alvos, metas ou sonhos? Use de sabedoria o tempo que resta para agregar mais acertos e alegrias advindas. A frase de sempre? Não desista!

Nenhum comentário: