English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Transmutação ...

Fala pessoal belezinha?

Segue abaixo um texto tão perfeito que eu particularmente desejaria ter escrito cada palavra, mas todos os louros vão para Cecília Sfalsin. Como já disse aqui neste blog, 'talvez eu seja um pouco de tudo que já li' e pode ter certeza: este texto define meu momento atual.

Um conselho?! Delicie-se ...

MUDANÇAS

"Eu mudei em muita coisa, e não foi pelo tempo, nem pela idade, mas pelo coração, pelas vezes que ele se machucou, pelas vezes que ele confiou, pelas vezes que ele amou. 

A gente precisa se amar muito para não nos tornarmos dependentes de afetos alheios, porque é bem por ai que surgem os enganos, é bem por ai que surgem as decepções.

Quando transbordamos de amor pela gente, o que oferecemos ao outro não nos faz falta, porque a gente aprende o que é ter valor. 

Talvez você esteja naquele momento horrível da vida, que alguém te deixou sem razão alguma e o coração sangra pela falta e pelo desprezo que tem recebido. Não se culpe, pare de querer entender onde você errou, o que você fez, ou se o tempo voltasse atras você faria diferente. 

Pare de se torturar pelo que se foi, porque na verdade quem ama a gente não se vai, não nos deixa, e nem quer que a gente sofra, quem nos ama, por mais difícil que seja uma situação, vai tentar resolvê-la sem maltratar o nosso coração. 

Desculpe a sinceridade, mas é a verdade que sinto: quanto mais você for atrás, menos você significa. 

Eu acredito muito no novo de Deus, e por acreditar, vivo as esperas d'Ele, mesmo com as urgências que há em meu coração, mas não admito mais que ele sofra pelo que não vale a pena, e nem que se culpe pelo que não deu. 

Sai desta nostalgia e vai viver .... enquanto você esta ai se desfalecendo, o outro esta vivendo a vida, curtindo e se achando "super " bem sem você..."

Cecília Sfalsin

sábado, 12 de setembro de 2015

Viver ...

Impossível atravessar a vida ...

Sem que um trabalho saia mal feito, sem que uma amizade cause decepção, sem padecer com alguma doença, sem que um amor nos abandone, sem que ninguém da família morra, sem que a gente se engane em um negócio. 

Esse é o custo de viver! 

O importante não é o que acontece, mas ... como você reage. Você cresce quando não perde a esperança, nem diminui a vontade, nem perde a fé.

Mas, quando aceita a realidade e tem orgulho de vivê-la, quando aceita seu destino, mas tem garra para mudá-lo e quando aceita o que deixa para trás, construindo o que tem pela frente e planejando o que está por vir.

Cresce quando supera, se valoriza e sabe dar frutos, quando abre caminho, assimila experiências e semeia raízes ...

Cresce quando se impõe metas, sem se importar com comentários, quando é forte de caráter sustentado por sua formação, sensível por temperamento e humano por nascimento! 

Cresce ajudando a seus semelhantes, conhecendo a si mesmo e dando à vida mais do que recebe. 

E assim que se cresce ...

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

O poder das palavras.

Fala pessoal, belezinha?!

É ... tudo muda, o tempo todo.

Plutão não é mais um planeta, Bill Gates não é o homem mais rico do mundo, David Karp não é mais o dono do Tumblr, Titanic não é o filme com mais arrecadações em bilheterias, locadoras desapareceram e foram substituídas por Netflix;

Ninguém mais manda sms, para isso tem whatsapp, Orkut deixou de existir e deu lugar ao facebook, os cantores, não necessitam mais tanto assim de gravadoras, para isso tem youtube; álbum de fotografias é coisa de avó, agora existe Instagram.

Mas, entre milhares de coisas que mudam no decorrer dos anos, existe uma delas que não muda; é o poder que tem as palavras ... o quão profundas e cortantes elas podem ser.

As palavras ainda são o que dão vida a vida. Tudo pode mudar, menos as palavras ... menos o que foi dito e escrito, pois isso fica gravado, se não for de quem as leu, são no coração de quem as ouviu, pois ainda somos de carne e osso, mesmo que a cada ano que se passa nos tornamos mais antissociais do que o comum.

A tecnologia tem nos 'engolido', mas ainda não fomos substituídos por maquinas; temos sentimentos, somos frágeis, somos humanos, e palavras ferem, marcam, palavras são os que nos dão vida e morte, palavras eternizam momentos, e exterminam também.

Se há algo que não temos o poder de mudar, é uma palavra dita ou escrita, mesmo que você substitua ou escreva algo diferente ... já foi dito, já foi escrito, já foi feito, e quem as leu ou as ouviu, ficarão marcados pelo leve ou grosseiro toque seu.

Por isso caro leitor, tenha sempre muito tato, além de muito cuidado, pois quando você toca alguém com suas palavras, você pode mudar também a vida de alguém ... seja positiva ou negativamente!