English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Ser Livre!

Muitos acham que ser livre é não ter laços firmes ou não pertencer a lugar algum.

Besteira! 

Ser livre é encontrar a felicidade em cada lágrima, é ver a beleza de cada pôr-do-sol, é saber amar sem se privar, é sorrir a cada reencontro e principalmente: ser livre envolve nos aceitarmos como somos, ou seja, com todos os nossos defeitos e virtudes. 

Por mais paradoxo que possa parecer - ninguém é livre sozinho! Precisamos de alguém para construir nossa felicidade, seja através de um amor, de um amigo ou até mesmo de um animalzinho - digo “nossa”, pois é algo que deve ser compartilhado constantemente, isso é importante porque mais tarde dividiremos a liberdade, pois afinal, se nos sentimos livres, somos felizes. 

Pessoas não te prendem se você não quer ser preso e estar abraçado a alguém, não quer dizer estar preso, mas sim livre e ...completo!

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Confesso que eu estou ... apaixonado!


"Um beijo fala mais que mil palavras,
um toque é bem mais que poesia.

No seu olhar enxergo a sua alma,
sua fala é uma linda melodia.

Ninguém sabe explicar o que é o amor!
Ninguém vai ser feliz sem ser amado.

Meu coração de vez se entregou ...
confesso que eu estou apaixonado"

domingo, 19 de junho de 2011

Ação e Reação

Fala pessoal, belezinha?

É, já estamos no mês de Junho. Este mês minha primogênita completou oito anos e parece que foi ontem. Não consigo dimensionar para vocês quantos planos eu fiz e o quanto desejei a sua vinda. Ela chegou aqui dia 12 de Junho de 2003. Berrava tanto que pensei que ficaria sem ar tanto é que sua boquinha tremia freneticamente devido ao choro.

A leitura que posso resumir de mim naquele dia: me sentia pleno, extasiado e absurdamente feliz! Para completar o quadro geral, minha esposa estava bem, ela havia nascido saudável e; modéstia à parte, minha filha era a menina mais linda daquele berçário.

É, já se passaram oito anos! Já no dia 2 de Janeiro de 2007, nasceu minha caçulinha e com ela a certeza que eu tinha de ser pai. Isadora nasceu calma, tranqüila e serena, como é até hoje.

Minha esposa teve complicações no parto devido a erro da anestesista que aplicou a medicação em minha esposa por duas vezes. Não pude curtir o momento da chegada de minha filha por preocupação em perder minha esposa, pois o monitor de batimentos cardíacos ficava cada vez mais fraco. Não precisava ser especialista para perceber que alguma coisa estava errada ainda na sala de cirurgia. Por fim, os médicos conseguiram reverter o quadro geral e minha esposa foi reagindo pouco a pouco até ficar bem, depois de alguns dias na UTI, já estávamos nós quatro em casa e muito felizes.

Hoje passados oito anos do nascimento de minha primogênita e quatro anos e meio do nascimento de minha caçulinha, tento graças a Deus, escrever esta postagem, pois elas não param de falar e bagunçar perto de mim, enquanto minha esposa faz alguma coisa na cozinha. São de fato minha vida!

Esta postagem tem por objetivo agradecer a oportunidade que tive em poder formar uma família linda. O futuro é um enigma em certo sentido, mas não tateio em meio ao escuro, pois conhecer a Jeová e servi-lo me proporcionou a possibilidade de saber onde me encontro na corrente do tempo e a cada dia sei que essa foi a minha melhor decisão. Minhas escolhas depois disto, basearam-se em sua Palavra e no que Ele deseja para mim e minha família.

Segundo diz Newton em sua terceira lei: "Toda ação provoca uma reação de igual intensidade, mesma direção e em sentido contrário". Ou seja, se duas bolas de gude se chocarem, então uma força irá interagir com a outra, formando seqüelas nas duas, que será a ação e reação que uma irá fazer sobre a outra, esse é um ótimo exemplo de como entender mais os princípios básicos da física.

Sem dúvidas, nossas escolhas refletirão o desejo de nosso coração e através destas escolhas, poderemos ter muitas alegrias ou decepções. Ou seja, quem planta vento irá colher tempestade mesmo - não deve esperar nem mesmo brisa!

Desejo a você que dedicou alguns minutos de seu tempo para ler esta postagem, seja de qualquer parte do Brasil ou do mundo, que possa tomar boas decisões. Tomamos decisões a todo o momento, até mesmo antes de colocarmos nossos pés no chão ao iniciarmos mais um dia.

Comece observando suas atitudes, respeitando seu amor próprio e sendo realista e verdadeiro com o seu desejo, seja ele momentâneo ou futuro, mas não esqueça de uma verdade inquestionável: suas decisões grandes ou pequenas podem afetar não somente a você, mas em muitas vezes, as pessoas que estão ao seu redor.

Pode parecer piegas, mas vale a pena acrescentar: comprometimento, responsabilidade, amor e respeito não fazem mal a ninguem, muito pelo contrário.

Portanto, não esmurre com muita força uma parede esperando inutilmente não sentir dor, afinal ela estará reagindo, conforme salientou Newton, com a mesma sutileza recebida por suas mãos.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Podes crer ... eu tô falando de amizade!

"O que é meu irmão?

Eu sei o que te agrada

e o que te dói e o que te dói,

É preciso estar tranqüilo, pra se olhar dentro do espelho, refletir.

O que é? O que é?


Seja você quem for, eu te conheço muito bem,

isso faz bem pra mim, isso faz bem pra vida.

Onde quer que vá, eu vou estar também,

eu vou me lembrar daquela canção que diz:


Parapapapapapa ... Parapapapapapa ...


Bendito ...

Encontro ...

Na vida ...

Amigo!


É tão forte quanto o vento quando sopra,

tanto forte que não quebra não entorta.

Podes crer, podes crer,

eu tô falando de Amizade.”

Podes crer - Cidade Negra