English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Volte para Jeová!

Ao lermos na Bíblia a história da nação de Israel, não podemos deixar de ficar impressionados com a freqüência de seus desvios da adoração pura de Jeová, em violação de seu pacto com ele. Não uma vez, nem duas, mas dezenas de vezes violaram os Seus mandamentos e se desviaram para a adoração impura de ídolos. Isto desagradou a Jeová enormemente. Poderíamos esperar que, após várias experiências deste tipo, ele teria rejeitado a nação inteira como irreparavelmente iníqua. Mas, o que encontramos, mais de mil anos depois de ele lhes dar os seus mandamentos?

A nação ainda se desviava para o seu proceder infiel, mas Jeová ainda clamava para que voltasse a ele. “‘Pois eu sou Jeová; não mudei. E vós sois filhos de Jacó; não chegastes ao vosso fim. Desde os dias de vossos antepassados vos desviastes dos meus regulamentos e não os guardastes. Retornai a mim e eu vou retornar a vós’, disse Jeová dos exércitos.” (Mal. 3:6, 7) Que precedente maravilhoso Jeová estabeleceu para nós nas qualidades de longanimidade e de misericórdia. Podemos hoje aprender alguma coisa disso?

Infelizmente, há hoje em dia muitos que seguiram o mesmo proceder que Israel. Souberam de Jeová por meio dum estudo de sua Palavra e pela associação com o seu povo, e participaram na obra de fazer uma proclamação pública das boas novas do reino de Deus, em alguns casos até mesmo dedicando a sua vida a Jeová e servindo-o com felicidade por vários anos. Depois aconteceu alguma coisa na sua vida, que fez que seu amor esfriasse. Deixaram de se associar com outros cristãos nas reuniões e no serviço a Jeová. Isto se deu por vários motivos.

Alguns evidentemente tropeçaram e saíram da vereda cristã porque pensavam, de modo enganado, que se tratava apenas de uma corrida de pequena distância ao invés de uma corrida longa de perseverança. Foram vencidos pela fadiga, porque a estrada lhes parecia longa e o caminho duro. Outros se deixaram vencer pela oposição e até mesmo pela perseguição direta de seus próprios familiares, parentes e amigos. Especialmente muitos jovens se desviaram devido aquilo que o apóstolo Paulo chama de “desejos pertinentes à mocidade”. Em vez de fugirem deles, como Paulo admoestou, procuraram-nos, muitas vezes na companhia de jovens incrédulos, esquecendo-se de que más associações estragam hábitos úteis.

Alguns fizeram bom progresso em servir a Jeová, até que se ofenderam com alguma coisa que outro irmão ou irmã cristão disse ou fez. Visto que deixaram de tratar do assunto assim como se delineia na Palavra de Deus, ele assumiu, por fim, proporções gigantescas na sua mente e os fez tropeçar, afastando-os do caminho da verdade.

Além disso, não foram poucos os que se deixaram enlaçar por Satanás em sério pecado, muitas vezes em alguma forma de imoralidade sexual. Isto resultou em má consciência e na conseqüente perda do espírito santo. Vencidos pela vergonha, separaram-se da associação do povo de Jeová e voltaram ao mundo.

Outra força poderosa que fez muitos deixar de servir a Jeová tem sido a forte tendência atual de amor à comodidade e ao conforto, tornando a vida tão cômoda quanto possível. Isto muitas vezes resulta num amor excessivo aos prazeres e na busca de bens materiais.

Reconhece-se talvez como alguém que anteriormente serviu a Jeová, mas que por alguma razão se desviou? Neste caso, já sentiu alguma vez que gostaria de retornar a Jeová se pudesse? Achou talvez, como se deu com alguns, que já se desviou de Jeová por tanto tempo e para tão longe, que não pode retornar? Se pensa assim, então pode estar certo de que Jeová Deus não pensa do mesmo modo. Pode ter a certeza de que ele está vivamente interessado em sua pessoa hoje, como esteve naqueles israelitas nos dias de Malaquias, aos quais ele disse: “Retornai a mim e eu vou retornar a vós.” Sim, requer humildade para se retornar a Jeová.

Nunca se esqueça de que Jeová é Deus de infinita misericórdia para com os que são de coração humilde e contrito. (Isa. 57:15) Não pense que seu pecado foi grave demais para retornar. Não pense que se separou de Jeová por um tempo longo demais para poder fechar a brecha. Alguns retornaram a Jeová depois de se terem desviado por muitos anos.
Se achar que se afastou de Jeová, pode ter a certeza de que ele deseja que retorne, e o mesmo se dá com seus irmãos. Não é difícil achar a Jeová, pois, ‘de fato, não está longe de cada um de nós’. (Atos 17:27) Dirija-se a ele humildemente em oração, hoje mesmo, pedindo-lhe perdão pelos seus pecados e erros no passado. Abra-lhe seu coração e peça-lhe que lhe ajude a carregar o fardo. (1 Ped. 5:7) Suplique-o seriamente a dar-lhe liberalmente de seu espírito, para habilitá-lo doravante a fazer a Sua vontade. (1 João 5:14) Daí aja! Não demore! Não o adie! O tempo se esgota rapidamente. Volte à associação com Jeová e com o Seu povo. Sim, retorne a Jeová agora, enquanto ainda há tempo.

Nenhum comentário: