terça-feira, 19 de julho de 2011

I'll fly with you!


Sabe quando a vida parece muita boa até você perceber que existe alguém que pode deixá-la ainda melhor? Ou quando entendemos que o nosso coração pode se permitir ser ainda mais feliz?

Sabe quando alguém que sempre esteve por perto, com o passar dos dias, das mensagens, e ligações; passa a ser simplesmente indispensável? Ou quando a melhor parte do dia é justamente aquele minutinho em que recebemos aquele sms ou mesmo aquela ligação, no qual os nossos olhares se cruzam, mesmo sem estarmos perto fisicamente?

Sabe quando um sorriso tem o poder de abrir o céu? Pelo menos o seu céu? Ou quando até mesmo o nosso silêncio é compreendido? Sabe quando agradecemos todos os dias a Deus por ter essa pessoa na vida? E quando manter os pés no chão já está ficando quase que impossível, pois os sonhos não param de acontecer dentro de nós? 

É ... provavelmente você pode estar vivendo um grande amor! 


I'll fly with you!

"Eu ainda acredito em seus olhos.

Eu apenas não me importo com o que você tem feito na sua vida.

Baby, eu sempre estarei aqui ao seu lado.

Não me deixe esperando por tanto tempo, 

Por favor, venha!

Eu, eu, eu, eu ainda acredito em seus olhos. 

Não há escolha,

Eu pertenço à sua vida.

Porque eu, eu vivo para te amar algum dia.

Você será meu amor e nós vamos voar para longe. 

E eu voarei com você, eu voarei com você! 

Todo dia e toda noite, 

Eu sempre sonho que você está ao meu lado. 

Oh, amor, todo dia e toda noite, 

Bem, eu disse que tudo ficará bem.

E eu voarei com você, eu voarei com você!" 

Gigi D’Agostino

5 comentários:

SDaVeiga disse...

Bom vôo! :-)

Parabéns pelo blogue!
Vou voltar mais vezes e, sempre que puder, comento.

Sal de Andrews disse...

Obrigado, sua visita é muito apreciada!

Labanca disse...

Meu querido mano.
Sempre se superando!

Sal de Andrews disse...

Labanca ... que prazer recebê-lo.
Obrigado por visitar "Meus Fragmentos". Grandes saudades suas.
Abraços fraternos amigo!

Ágacy Celestino Jr disse...

Muito bom ! Na verdade é assim mesmo. Não poderia ser diferente ! :o)