English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

O amor e suas dores


A dor de não amar será como o veneno da serpente que mata assim, de repente? Não, a dor de quem não ama é fria morte lenta. É um afogar-se em degelos glaciais e, dia a dia, sentir o coração parando aos poucos, até o ser inteiro se desfazer em transparências. 

Ah ... mas a alegria de amar é tão diferente! 

É mergulhar no riso mais contente, morder um chocolate que se dissolve na língua saborosamente, ora doce, ora amargo, mas sempre surpreendente! 

E mesmo o amor não correspondido é preferível ao inexistente, pois a dor de não ter a pessoa amada, ainda que seja dor profunda, desesperada ... ao menos mantém a alma quente!

2 comentários:

Paulo Henrique disse...

ta todo mundo prometendo postagens hoje... quero só ver

Ágacy Celestino Jr disse...

Gostei demais deste texto. Eu fiquei com cara de bobo. Sorrindo sozinho. É a mais pura verdade. :o)